Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil

Por Redação
19/11/2018 12:35
Atualizado há 5 anos ago
Brazilian Marcelo Fernando Pinheiro Veiga also known as Marcelo Piloto, sits during detention at Senad, Paraguay's National Anti-Drugs Office, in Asuncion, Paraguay, Thursday, Dec. 14, 2017. A statement released by Rio de Janeiro's State Security Department says that Pinheiro Veiga, one of Brazil's most wanted drug and arms traffickers, had been living for years in the city of Encarnacion, Paraguay from which he coordinated the shipment of drugs, arms, ammunition and explosives to organized crime groups in the slums of Rio de Janeiro. (AP Photo/Jorge Saenz)
Brazilian Marcelo Fernando Pinheiro Veiga also known as Marcelo Piloto, sits during detention at Senad, Paraguay's National Anti-Drugs Office, in Asuncion, Paraguay, Thursday, Dec. 14, 2017. A statement released by Rio de Janeiro's State Security Department says that Pinheiro Veiga, one of Brazil's most wanted drug and arms traffickers, had been living for years in the city of Encarnacion, Paraguay from which he coordinated the shipment of drugs, arms, ammunition and explosives to organized crime groups in the slums of Rio de Janeiro. (AP Photo/Jorge Saenz)

O brasileiro Marcelo Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, acusado de tráfico internacional, falsidade ideológica e homicídios, foi extraditado hoje (19) do Paraguai para o Brasil.

Segundo a imprensa do Paraguai, ele deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05.

Traficante confesso, Marcelo Piloto fugiu do Brasil depois de ser condenado a 26 anos de reclusão. A extradição do brasileiro foi cercada de sigilo e segurança envolvendo três barcos de patrulha das Forças Operacionais Especiais de Polícia (FOPE), segundo a imprensa do Paraguai.

No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou 17 vezes na cela em que estava uma jovem, de 18 anos, que foi visitá-lo. Autoridades paraguaias acreditam que ele cometeu o crime na tentativa de evitar a extradição para o Brasil.

Piloto foi preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, em 2017, após a descoberta que estava usando documentos falsos.

 

Da Agência Brasil

Veja também

Pé quente: Morador de Umuarama fatura quase 600 mil reais em aposta da Lotofá...
Há 7 horas ago
Motociclista de 19 anos sofre laceração no pé ao se envolver em acidente com ...
Há 10 horas ago
Vítima que morreu em indústria, filho de ex-vereador está sendo velado em Umu...
Há 10 horas ago
Identificado trabalhador que morreu ao fazer manutenção em caixa d'água em in...
Há 21 horas ago
Trabalhador morre ao fazer manutenção em caixa d'água em indústria de Umuarama
Há 23 horas ago
Delegado fala do caso de mulher que levou morto a banco, ela teve prisão conv...
Há 1 dia ago
Umuarama 27°
Sunny

Manutenção

Estamos em atualização