Justiça nega instalação de urna eletrônica na PF e Lula não poderá votar nas eleições de 2018

Por Redação
01/10/2018 07:47
Atualizado há 6 anos
18653690605bb1fb2cafdd83.38847034

O pedido de instalação de uma seção especial para votação na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, realizado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva através de uma liminar, foi indeferido pelo juiz Jean Carlo Leeck na manhã de sábado (29).

Na decisão, o magistrado ressalta que, embora Lula como preso provisório tenha preservado seu direito constitucional ao voto, esse direito individual só pode ser exercido se houver, na unidade prisional, pelo menos 20 eleitores aptos. De acordo com a Superintendência Regional da PF, há apenas um eleitor apto no local: o próprio Lula.

Além disso, outro fator considerado na decisão foi o prazo para a instalação das sessões especiais, que esgotou no dia 23 de agosto. Na mesma decisão, também foi negado o pedido de assegurar ao ex-presidente o direito de ir até a zona eleitoral na qual está inscrito como eleitor, por extrapolar a competência da Justiça Eleitoral.

 

Colaboração TRE/ P

Veja também

Homem de 49 anos é encontrado por vizinhos em óbito com ferimento na cabeça a...
Há 4 horas
Duas toneladas e meia de maconha são apreendidas após ação conjunta da PRF e ...
Há 5 horas
Ladrão furta mais de dois mil reais de idoso de 90 anos em Cruzeiro do Oeste
Há 5 horas
Acordando cansada? Confira agora dicas para ter mais disposição
Há 5 horas
Como Adotar Hábitos Transformadores para Alcançar seus Objetivos
Há 5 horas
Como organizar tempo e tarefas do seu dia a dia? Confira algumas dicas nesta ...
Há 5 horas
Umuarama 26°
Sunny

Manutenção

Estamos em atualização