Chuva e ventos fortes causam danos e destelham escola de Umuarama

Por Redação
20/11/2018 08:04
Atualizado há 6 anos ago
8760789125bf3dbef6c7b44.49838514

A Escola Municipal Cândido Portinari, localizada no Conjunto Sonho Meu, voltou a ter problemas com as fortes rajadas de vento e chuva registradas no último domingo, 19. O prédio teve um destelhamento parcial (no bloco que abriga a biblioteca) e várias telhas de fibrocimento foram quebradas e arrancadas com a força do temporal. Uma parte do madeiramento da cobertura também foi atingida.

Na manhã desta segunda-feira, 19, uma equipe da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) esteve no local e acionou a Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos técnicos para realizar uma avaliação e providenciar os reparos. A secretária Mauriza Lima e uma equipe da Secretaria Municipal de Educação também visitaram o estabelecimento de ensino, ao lado da diretora diretora Elaine Ferrarezi Lavagnolli.

“Conforme a avaliação da Defesa Civil, não será necessária a suspensão das aulas. Por sua localização, na parte alta do bairro, a Escola Cândido Portinari se torna praticamente um alvo quando ocorrem rajadas mais fortes de vento naquela região. Estamos estudando melhorias, com a Secretaria de Obras e Projetos Técnicos, para evitar que o telhado volte a ser atingido. Possivelmente as obras serão realizadas durante as férias escolares”, comentou a secretária da Educação, Mauriza Lima.

De acordo com a Defesa Civil não houve feridos nem desabrigados ou desalojados, como a chuva do último domingo – foram 23 mm e ventos de quase 50 km/h, de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), “mas houve rajas bem mais fortes em alguns pontos da cidade, causando destelhamentos e queda de árvores e galhos”, lembrou o coordenador da Comdec, inspetor Enivaldo Ribeiro.

As chuvas causadas apenas prejuízos materiais e transtornos, exigindo trabalho da Defesa Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Divisão de Meio Ambiente da Prefeitura. Conforme o relatório de atendimento, houve queda de árvore na Avenida Zaeli com Avenida Prefeito Durval Seifert, no Parque San Remo – um ipê de grande porte caiu sobre o muro, ameaçando a casa; na rua Águia, no Patrimônio Umuarama, um galho grande de árvore caiu com o vento; na Avenida da Estação (zona 07) uma sibipiruna também caiu, interditando a via.

Dois ipês desabara na calçada da Rua José Lupepsa, no Jardim Veneza – um deles interditando o portão de uma residência. Na Rua Irmã Doroth, Jardim Novo Milênio, o rufo do beiral de uma casa foi arrancado pelos ventos, mas não afetou a cobertura, e na Avenida Paraná, região central, uma estrutura de metal de enfeite natalino foi derrubada pelo vento e acabou atingindo um veículo de uma senhora de 69 anos, causando danos. Não houve vítimas. “Todas as árvores foram removidas e as vias desobstruídas ainda no domingo”, completou o inspetor Ribeiro.

Veja também

Colisão frontal na BR 376 mata motorista de carro, chovia no momento do acidente
Há 13 minutos ago
ARA de Umuarama entrega três medalhas de sobriedade a pessoas que conseguiram...
Há 2 horas ago
Mulher que ateou fogo em policial e em motocicleta durante abordagem em Altôn...
Há 2 horas ago
Polícia Civil prende em Mato Grosso do Sul homem que iniciou a prática de abu...
Há 3 horas ago
Com atuação em onze cidades do Rio Grande do Sul mutirão do Instituto Água e ...
Há 3 horas ago
Tenente do Corpo de Bombeiros de Umuarama é designado para força-tarefa no Ri...
Há 3 horas ago
Umuarama 19°
Patchy rain nearby

Manutenção

Estamos em atualização