Em setembro, Procon de Umuarama foi o 3º do Paraná em atendimentos

Por Redação
10/10/2018 08:31
Atualizado há 6 anos ago
3003422405bbde2f23b4da3.23827569

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon de Umuarama – registrou novamente um grande volume de atendimentos em setembro, o que manteve a unidade em 3º lugar no ranking estadual, atrás apenas de duas das maiores cidades do Paraná (Curitiba e Maringá). Enquanto a capital realizou 6.305 atendimentos e a Cidade Canção acolheu 1.901 reclamações, o Procon da Capital da Amizade recebeu em setembro 749 consumidores insatisfeitos nas relações de consumo.

O volume coloca Umuarama à frente de cidades bem maiores, como Foz do Iguaçu (421 atendimentos) e Londrina (406) – a lista com os 10 primeiros colocados conta ainda com Sarandi (430), Francisco Beltrão (341), Toledo (288), Rolândia (268) e Jacarezinho (251). “Esse cenário permite várias análises, mas chama a atenção que o consumidor umuaramense é consciente e tem recorrido mais ao Procon para assegurar os seus direitos”, disse o secretário Aparício Bernardo Calderaro Júnior, coordenador do órgão.

A exemplo do que acontece em todo o Estado, as empresas que mais registram reclamações estão no ramo de telefonia (fixa e móvel), internet, TV por assinatura e instituições financeiras. Em Umuarama, entre as 10 empresas mais reclamadas (por ramo de atividade), cinco estão na área de telefonia e internet e somam 256 reclamações; três empresas prestam serviços financeiros e em setembro desagradaram 48 consumidores; e duas pertencentes ao comércio varejista geraram 40 reclamações.

Embora não cite nomes, o coordenador do Procon lembra que todas as empresas têm atuação nacional. No mês passado, o maior volume de serviço do órgão de defesa do consumidor foi atendimento preliminar, seguido de CIP (carta de informações preliminares) e consulta simples. “Devemos destacar o alto índice de acordos obtidos pela nossa equipe, que resolvem as pendências no primeiro contato entre fornecedor/prestador de serviços e o consumidor. Poucos casos resultam em ações na Justiça”, informou o secretário Calderaro Júnior.

O coordenador do Procon ressalta ainda que as empresas das três atividades mencionadas respondem por 334 reclamações, correspondendo a 44% do total. “É importante reforçar, contudo, que na grande maioria dos casos (em setembro foram 84%), os conflitos são resolvidos sem a abertura de processo administrativo, demonstrando o interesse das empresas na resolução dos problemas dos consumidores”, completou.

NÚMEROS

Ranking de atendimentos do Procon no Paraná, em setembro

1) Curitiba           6.305

2) Maringá          1.901

3) Umuarama    749

4) Sarandi           430

5) Foz do Iguaçu              421

6) Londrina         406

7) Francisco Beltrão        341

8) Toledo            288

9) Rolândia         268

10) Jacarezinho                251

Veja também

Aciu orienta empresários sobre acessibilidade no comércio
Há 2 horas ago
Ministério Público denuncia por homicídio com dolo eventual motorista que atr...
Há 5 horas ago
Fim de semana continua com tempo instável em Umuarama e região
Há 5 horas ago
Drogas são encontradas em vaso sanitário durante prisão de acusado de estupro...
Há 6 horas ago
PRF apreende mais de 24 quilos de pasta base de cocaína em fundo falso de car...
Há 6 horas ago
Programas mais frutas e pró-leite incentivam agricultores a diversificar as l...
Há 6 horas ago
Umuarama 14°
Patchy rain nearby

Manutenção

Estamos em atualização